Meditação é uma técnica milenar que cresce em popularidade, apesar e também com o crescimento da tecnologia

Embora uma grande maioria do que se escreve sobre meditação indique que é algo ‘difícil’ de ser praticado, minha experiência vai exatamente no sentido oposto.

O que ocorre, na maioria das vezes, é que a pessoa que escreveu talvez somente tenha tido contato com um determinado tipo de meditação, na qual a pessoa se senta imóvel, na posição de lótus, como na imagem que ilustra esta postagem, cedida gentilmente pela Freepik.

Entretanto, é possível meditar nas mais diversas situações da vida:

  • ao caminhar;
  • correndo;
  • durante as refeições;
  • ao tomar uma ducha;
  • ao viajar de avião;
  • dançando (Ah, os Sufis!);
  • ao respirarmos conscientemente;
  • nadando ou mergulhando;
  • durante o ato sexual (já ouviu falar em Tantra?);
  • ouvindo música;
  • ou os sons da natureza;
  • dentro de um ônibus;
  • sentado em uma poltrona ou cadeira;
  • de pé, deitado ou dependurado…

Enfim, é possível meditar sempre e em qualquer lugar…

Talvez, o que seja mesmo difícil é querer meditar, especialmente em países como o nosso, no qual a palavra ‘meditação’ significa até mesmo PENSAR. Ou seja, algo que só tem a ver com meditação para quem nunca a praticou, como uma boa parte dos religiosos cristãos.

Não que pensamentos não ocorram durante a meditação. Sim, eles podem estar presentes. Mas o foco do meditador não está no ‘pensar’ e sim na observação de tudo o que ocorre, dentro e fora de seu universo interior, mas sem se perder no que acontece.

E é aí que a pretensa ‘dificuldade’ aparece, pois não faz parte do que as pessoas que cresceram sob a influência das religiões exotéricas (exo= externo, em contraposição a eso= interno) conhecem.

Algumas vezes, ao mencionar algum sutra tântrico, que propõem técnicas de meditação mencionadas no Vigyan Bhairav Tantra, que na maioria das vezes não incluem sexo, ao explicar como praticá-lo, posso perceber a enorme distância entre o que é proposto, e a experiência das pessoas que me ouvem. Entretanto, ao praticarem, reafirmam os benefícios que sentiram e como a experiência foi produtiva, até mesmo quando é a primeira vez.

Recentemente, o Ministério da Saúde publicou que Meditação combate ansiedade e pode ajudar contra obesidade” e cita a médica e professora de meditação da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, Maira Polcheira, que afirma:

“Pessoas que meditam apresentam um maior autocuidado, com melhora dos hábitos de vida, além de serem mais compassivas, mais cooperativas, menos reativas e mais felizes.”

Recentemente o Sistema Único de Saúde (SUS) adotou a meditação entre as 29 Práticas Integrativas Complementares, o que é uma contribuição significativa para que mais pessoas tenham acesso a práticas que contribuem de maneira direta e indireta para mais saúde.

Entre os benefícios citados estão a redução de ansiedade e o emagrecimento, pois de certa forma estão correlacionados.

TECNOLOGIA

Atualmente existem inúmeros aplicativos que podem ser baixados da internet para estimular a prática da meditação.

Um deles é o Relax Meditation, baixado diretamente da Microsoft Store, por ter sido o primeiro que despertou minha atenção.

A superfície do aplicativo é simples e é necessário aguardar alguns segundos até que o tema escolhido comece a ser ouvido. Infelizmente as meditações guiadas são em inglês.

O único aplicativo publicado pela Microsoft, com um título em português, faz o uso da palavra ‘meditação’ como citei no início, e usa citações bíblicas para que se ‘medite’ sobre elas. Repito: isso não tem nada a ver com meditação.

CC BY-NC-SA 4.0 Meditação reduz ansiedade e pode ajudar a emagrecer por Bosco Carvalho está licenciado sob a Licença Internacional Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-ShareAlike 4.0.

Bosco Carvalho on EmailBosco Carvalho on FacebookBosco Carvalho on InstagramBosco Carvalho on LinkedinBosco Carvalho on Twitter
Bosco Carvalho
Terapeuta holístico at Renascer Saúde
- Terapeuta holístico nas áreas de meditação, sexualidade tântrica, Voice Dialogue, regressão, bioenergética.
- Palestrante, jornalista, publicitário, especialista em marketing digital e webdesign.
-Fluente em Alemão e Inglês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *