Osho, conhecido por suas opiniões revolucionárias, esclarecedoras e iluminadas, sem se preocupar em contradizer a si mesmo, questiona os fundamentos de nossas resoluções de mais um ano que se inicia.


OSHO, SE ALGUÉM FIZESSE APENAS UMA RESOLUÇÃO DE ANO NOVO, O QUE VOCÊ SUGERIRIA?

ANURAG, ESTE E SOMENTE ESTE PODE SER A RESOLUÇÃO DO NOVO ANO: Eu resolvo nunca fazer quaisquer resoluções porque todas as resoluções são restrições para o futuro. Todas as resoluções são prisões. Você decide hoje para amanhã? Você destruiu o amanhã.

Permita que o amanhã tenha o seu próprio ser. Deixem-no vir à sua maneira! Deixem-no trazer os seus próprios dons.

A resolução significa que só permitirá isto e não permitirá aquilo. Resolução significa que você gostaria que o sol nascesse no oeste e não no leste. Se ele se levantar no leste, vocês não abrirão suas janelas; vocês manterão suas janelas abertas para o oeste.

O que é resolução? A resolução é luta. A resolução é ego. Resolução é dizer: “Eu não posso viver espontaneamente.” E se não se pode viver espontaneamente, não se vive de todo – só se finge.

Portanto, que haja apenas uma resolução: Eu nunca farei nenhuma resolução.

Largue todas as resoluções! Que a vida seja uma espontaneidade natural. A única regra de ouro é que não há regras de ouro.

Traduzido do original “Walk Without Feet, Fly Without Wings and Think Without Mind“, cuja tradução livre é: “Andar sem pés, voar sem asas e pensar sem mente”, obra ainda não traduzida na íntegra para o português.

Bosco Carvalho

Sobre Bosco Carvalho

Bosco Carvalho é psicoterapeuta, jornalista, publicitário e eletrotécnico. Transita entre as atividades técnicas e as humanísticas com facilidade, pois já exerceu todas as profissões citadas. Dedica-se em sua maturidade a apoiar o crescimento interior de quem se interessa por si mesmo, como psicoterapeuta e instrutor de meditação.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: